Criado no siteVocê na capa de NOVA ESCOLA.

quarta-feira, 10 de março de 2010

PROJETO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

PROJETO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

ESCOLA ESTADUAL PAULO FREIRE.


DIREÇÃO:

♦Cecília Welter Ledesma


COORDENAÇÃO PEDAGOGICA:

♦Adelir Terezinha Haveroth

♦Adauto Teixeira

♦Sueli Pacheco


PROFESSORA REGENTE:

♦Luzia de Fátima Layola Nunes
E-mail. luzzia_layola@hotmail.com
Blog. http://www.llayolartes.blogspot.com



SÉRIE A QUE SE DESTINA:

♦Ensino fundamental, Médio e EJA do período Matutino, Vespertino e Noturno



AREA TRABALHADA:

♦Artes


INTRODUÇÃO:
♦No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).


OBJETIVO:
♦O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

METODOLOGIA:


♦8 de março Dia Internacional da Mulher;
♦A Mulher no campo de trabalho;
♦ A Mulher na família;
♦A Mulher na sociedade de um modo geral;
♦Doenças da Mulher,(câncer de mama e câncer do colo uterino)
♦Violência contra a mulher;
♦Combater o preconceito.




FECHAMENTO DO PROJETO:

♦Apresentação de danças;
♦ Declamação de poesias;
♦Teatros;
♦Musica;
♦Apresentação dos vídeos, em homenagem a Mulher feita pelos alunos do 9º Ano .
♦Entrevista com a Diretora da Escola Estadual Paulo Freire, Cecília Welter Ledesma, com as alunas do 1º Ano do Ensino Médio.
♦Palestra sobre a importância da mulher na sociedade frizando seus direitos e deveres, com a Ex. Vereadora Miriam Welter para os alunos do Noturno.


AVALIAÇÃO:

♦A avaliação acontecerá em qualquer momento do processo educativo, de forma contínua e diagnóstica; com a intenção primordial de rever a própria prática docente criando novas possibilidades para estimular os alunos a desenvolverem-se suas potencialidades levando em conta, principalmente, os avanços individuais dentro da coletividade e a participação no desenvolvimento de todas as atividades (de acordo com as peculiaridades de cada aluno) no decorrer do projeto.







MULHER GUERREIRA


Mulher amiga, amante, mãe

Mulher que inicia seu dia trabalhando

E termina, amando...

Mulher que protege, luta briga e chora

E que nunca deixa o cansaço tirar o seu sorriso, sua força, a esperança

Que está sempre pronta a amar, e proteger.

Sua vida, os seus amados, os mais fracos

No seu olhar esta sempre presente

A força de lutar por tudo o que quer

Mesmo cansada

Está sempre pronta para seguir em frente


Mesmo machucada

E quando cai, se levanta tirando de sua queda

Uma grande lição

Aprendendo então, a passar por cima das armadilhas da vida

Mulher Guerreira que se torna

Forte e frágil ao mesmo tempo

Que busca dentro de seu interior a força

Que chora para poder se fortalecer

Que se levanta para poder

Levantar a quem está a sua volta

Precisando de uma palavra de carinho

De esperança, de amor.

Que se faz de forte

Mas é cristal... que não se deixa quebrar tão facilmente,

Esta mulher sou eu, é você...


(Nancy Cobo e adaptação de Glaci Refosco)














Nenhum comentário:

Postar um comentário